segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Não temam

Olá a todos

Quero aqui reforçar as palavras do Pedro, dizendo a todas as pessoas estão a ser confrontados com a pressão da PalmeII e do Trib. de Injunção do Porto para pagamentos, que não temam em opor-se, pois há imensa matéria en que se lhes pode pegar, garanto-vos pk eu peguei e sozinha, sem advogado nem ajuda de ninguèm, apenas pegando na Lei e nos pontos onde eles a violam, tentei a colaboração de pessoas ke na net vi a exporem o problema, mas na hora da verdade temeram e continuam a pagar, eu estou livre com documento do tribunal na mão. Não é preciso advogado, o valor da dívida isenta essa condição. Depois paga-se a distribuição do processo mas há direito a devolução. Eu paguei 204, mas há pessoas a pagar 102€ talvez tenha a ver com o volume ou distância, o meu veio para o Algarve os de menor valor para Lisboa.
Colokei no OLX comentários incentivando pessoas a me contactarem ke ajudava voluntariamente, pois apesar do meu assunto resolvido isto tornou-se numa causa ke terei todo o prazer em ajudar a vencer pk esta gente não foi correcta, daí estarem insolventes, se as coisas funcionassem como anunciaram teriam fidelizado a sua clientela, mas davam com uma mão e retiravam imediatamente com a outra.
São extremamente insensíveis pois tenho 2 casos de gente de fracas habilitações, CAIRAM NA ARMADILHA, carenciada economicamente ke ELES conhecem bem os seus problemas e nem assim dão uma chance
Várias pessoas me apareceram e já ajudei a elaborar a oposição, surgiu entre nós a ideia da elaboração de um blogg, faltava o "Artista", ontem à noite ele apareceu a pedir ajuda como os anteriores e felizmente era alguèm muito bem kualificado na área de informátiva, deve ter passado a noite sem dormir para ke hoje de manhã isto esteja tudo feito a funcionar, PARABÉNS e devemos-lhe o nosso OBRIGADO. Agora há ke divulgar para o maior nº possivel de lesados pois a " união faz a força", ke neste caso até nem precisa de muita força, a Lei está do nosso lado.
meu mail aida528@gmail.com para informações mais detalhadas e não públicas.
Cumprimentos a todos e optimismo

71 comentários:

  1. No meu caso, disseram-me que poderia usufruir do voucher durante o mês que decorria e cancelar no mês seguinte. Quando liguei para cancelar o contrato...ninguém me atendia o telemóvel, mandei mensagens, mandei cartas e nada.
    Agora, vou á luta nem que seja também sozinho. Eles da minha carteira não vêm nem mais um tostão e ainda vou pedir o meu dinheiro volta.

    A minha dúvida agora é como é que de facto se pode comprovar que a Credibom pode ser responsável e reembolsar o dinheiro? Existe algum artigo que o diga?

    Obrigado a todos e muita força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu vou a tribunal com eles este mês e preciso de pessoas que foram enganados para minhas testemunhas, disponho-me a ser tb testemunha de quem precisar, tel 912222509, contacte-me

      Eliminar
  2. Em caso de dúvidas com o blogue comuniquem sempre que necessário.
    Juntos faremos justiça!

    Cumprimentos,

    Pedro Alves

    ResponderEliminar
  3. @Pedro Alves

    Existe sim Pedro, pega na Lei do Código Civil, consulta o Dec 359/9 de 21 e Set, tens logo o caso dos contratos terem sido feitos em hotel, fora das instalações do proprietário, viola o artº 53, ainda recebeste o contrato credibom posteriormente por correio a lei anula esse contrato, e ke estes contratos são coligados dado ke subscreveste um contrato de crédito( e nem disseram tal, com vista ao financiamento da akisição do cartão key club, agora tens o artº275/93 de 5 de Ago, com alterações pelo introdução do dec. nº 180/99 de 22 de Mai e 22/2002 de 31 de Jan no artº 45 ponto 2.
    Queres mais???????Quem é amiguinha? Quem é?

    VÁ GENTE AINDA VAI HAVER GRANDE FESTANÇA DEPOIS DESTA TEMPESTADE PASSAR!!
    Aida

    ResponderEliminar
  4. Em caso de anulação do contrato a devolução dos valores já pagos até pode ser possivel para aqueles que ainda não tem o crédito totalmente pago.
    No meu caso o crédito já está totalmente pago, duvido que consiga a devolução dos valores pagos. E para ser sincero, neste momento só me quero é ver livre deles de uma vez por todas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como solucionou ? Gostaria de saber os passos que deu para resolver essa questão.

      Eliminar
  5. Maria nicolau disse.Nem sei por onde começar,mas este ano foi o primeiro ano que nao paguei a anuidade do cartao isto ja la vao seis anos a pagar nao sei o que nunca usufrui de nada mas nao sei o que me vai acoteçer espero quesejamos unidos e que consigamos dar a volta a isto deiam notiçias para ver se nos vimos livres destes burloes

    ResponderEliminar
  6. Olá Maria,
    Não se preocupe. Esteja tranquila e junte-se a nós. Estamos todos na mesma situação e juntos faremos a força!
    Exponha as suas dúvidas e pergunte o que quiser. Estamos juntos para a ajudar no que for necessário.

    Cumprimentos,

    Pedro Alves

    ResponderEliminar
  7. Mais um que caiu, tenho audiencia dia 9 de maio. a historia é a mesma dos outros, arrisco-me a pagar 6000€ sem nunca ter usado os serviços deles...ando a recolher informação na net e este blog veio me dar uma lufada de ar fresco... obrigado! vamos la ver...
    sempre que me lembro desta empresa so me dá vontade de me dar dois estalos ao espelho... :)

    ResponderEliminar
  8. Viva,
    Já apresentou a oposição? Se tem audiência marcada provavelmente já deve ter apresentado.
    Veja as informações que estão aqui no blog e verifique bem as não conformidades contratuais onde eles foram incorrectos.
    Se precisar de ajuda deixe aqui um contacto e ajudaremos no que for possível.
    Estamos aqui para ajudar.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. Boas,

    Infelizmente sou mais uma lesada. Entretanto paguei já a totalidade do cartão, mas todos os anos vem a anuidade por pagar, em 2010 entendi que estava farta e não paguei, e recebi hoje uma carta de injunção.
    Por acaso usufrui do voucher, e em 2007 fui à Tunisia hotel 5 estrelas, por 75€ por pessoa. No mês seguinte À viagem pretendi cancelar e disseram-me que era impossivel, porque eu tinha assiando um contrato com o banco que era irrevogavel. Acontece que eu nunca assinei esse contrato bancário. Recebi uma fotocópia do dito contrato, mas pelo conhecimento que tenho esses contratos são feitos em duplicado. Logo eu teria de ter um duplicado do documento e não uma fotocópia.
    Confesso que se houvesse maneira de poder recuperra parte dos 5.000e pagos e de acabar com o pagamento da anuidade, avançava com o processo. O problema é arranjar dinheiro para pagar a um advogado que resolva o caso.
    Logo em 2008, contactei uma advogada que disseram que poderia resolver a situação, mas que infelizmente não conseguio resolver (também não me cobrou qualquer valor).
    Se for preciso o meu testemunho para alguma coisa estou disponivel.
    Sózinhos não vamos a lado nenhum, mas unidos tenho a certeza que poderemos acabar com estes burlões.

    Para já gostava de saber o que escrever na oposição e se tenho mesmo de pagar.

    Com a agravante, que já lhes dei a morada nova e eles continuam a enviar para a antiga.

    Qualquer coisa contactem-me para o e-mail: isadcruz@gmail.com

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Viva!
    Para vos ajudar, deixo aqui um link que contém um ficheiro com 4 queixas contra a Key Club (e respectivos comentários de queixosos que podem ajudar), mais 4 modelos para requerimentos de oposição às injunções que a Palme II tem enviado aos associados.
    http://hotfile.com/dl/119079733/9570fe2/key-club.zip.html
    Espero que vos sejam úteis!
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  12. J. R
    Olá a todos.
    tambêm faço parte deste grande grupo de lesados.Já há alguns anos, ainda na altura em que se pagavam 600 contos, quase fui forçado a assinar um contrato com com a Palme e após demorada pressão sobre a minha familia, não consegui resistir.Nestes últimos anos a empresa não prestou os serviços com a qual se tinha comprometido e evidentemente deixei de efectuar os respectivos pagamentos.pois bem ogora recebi uma carta de um solicitador de execução,informando-me que tenho 15 dias para pagar,não o fazendo eu,este procede à penhora de bens.Há alguma coisa que se possa fazer?
    Obrigado aos que me ajudarem.
    Boa sorte aos lesados.

    ResponderEliminar
  13. Sílvia Vasconcelos3 de junho de 2011 às 18:12

    Boa tarde,
    Segundo percebi neste momento a Palme II já tem um título contra si e já deu início à execução dos bens. Provavelmente obtiveram esse título através do procedimento de injunção. Se assim for tem 20 dias para se opor à execução com todos os fundamentos que tiver para se defender. O único problema é que ã oposição não pára a execução, pelo que o Agente de Execução poderá penhorar bens móveis, viaturas, imóveis, salários, pensões, rendas, contas bancárias. A única forma de suspender a penhora é prestar caução (em dinheiro ou bens).
    Se tiver possibilidade não deixe de fazer oposição. Boa sorte!

    ResponderEliminar
  14. boa noite sou mais um no mesmo barco,cancelei contrato com eles ai em 2005 por carta registada e agora quando veio a carta da injunçao foi para a casa dos meus pais e so a recebi ja tinham passado os 15 dias e agora recebi uma do sr pelica a dizer k vem penhorar bens,tou sem saber o k fazer se puderem ajudar agradeço.

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde
    Sou uma das lesadas desta grande vigarice. As queixas que aqui se apresentam são quase todas dentro dos mesmos parâmetros. Todos recebemos as tais cartas intimidatórias, ameaçando penhoras. Proponho desde já que se inicie um esclarecimento/alerta através da net. Eu não tenho facebook, mas quem tem poderia desde já começar por dar a conhecer ao público em geral, a actuação destes vigaristas. Vou consultar um advogado e penso alertar a Comunicação Social de seguida.

    ResponderEliminar
  16. gostava de vos deixar o que enviei hoje pra eles estou tão farta nem me apetece ser educada.

    exmos srs, não vos devo nada, nem nunca utilizei a porcaria dos vossos serviços , em 2010 não recebi a carta para pagar só a recebi em 2011 mais informo que estou no fundo de desemprego e não tenho bens por isso estão a vontade para me tirarem o que quiserem, agradeço que não me enviem mais cartas do balcão nacional de injunções porque fiz o pagamento no dia 19/04/2011 em dobro após ter recebido a carta para pagar, consultem os vossos dados, se fossem bons e profissionais saberiam que neste momento não vos devo nada, mas mais uma vez envio o comprovativo. Mais informo que não autorizo a entrega dos meus dados a ninguem e que quebraram o acordo no contrato descrito no ponto 2.6, nunca me comunicaram as alterações feitas ao grupo palme. obrigada por nada
    E vou me ver livre de vocês em breve já falta pouco.
    Não devem ter familia ou então não gostam dela.
    Como existe pessoas que trabalham para enganar os outros é incrivel.
    Já agora se precisarem de alguem para atender o telefone estou disponivel para trabalhar adorava estar na secção de reclamações. è que ligar para vocês é inutil ninguem atende.
    Vanda

    ResponderEliminar
  17. Acabei de ver isto na net
    Insolvência da Palme Viagens declarada a 8 de Setembro (Actualiza)
    Halcón Viagens assume serviço de viagens
    aos 20.000 sócios portadores do cartão Key Club
    Presstur 18-09-2008 (14h25) A Halcón Viagens é a agência de viagens prestadora de serviços aos cerca de 20 mil sócios do Key Club, disse ao PressTUR o administrador da agência de viagens, Timóteo Gonçalves, explicando que essa qualidade foi por acordo com o Administrador Judicial da Insolvência da Palme Viagens e Turismo, SA.
    “Celebrámos um acordo com o Key Club, que foi assinado com o administrador judicial, e substituímos a Palme como agência de viagens que presta serviço de viagens e turismo aos portadores do cartão Key Club”, disse ao PressTUR Timóteo Gonçalves, administrador da Halcón.
    O gestor precisou que não se tratou de uma compra do fundo de comércio da agência, mas apenas de um acordo para a prestação de serviços aos cerca de 20 mil membros do Key Club.
    Um anúncio do Tribunal de Comércio de Lisboa informa que no passado dia 8 o 4º Juízo de Lisboa, pronunciou “sentença de insolvência da devedora” Palme Viagens e Turismo, SA, agência de viagens do Grupo Palme, que se apresenta como “grupo empresarial que actua na prestação de serviços de Turismo, Lazer e Descontos”, constituído por quatro empresas independentes, a Palme S.G.P.S., a Palme Cartões de Desconto S.A., a Palme Viagens e Turismo, S.A. e a Palme Hotéis, S.A.
    A apresentação do Key Travel Club referia como uma das especializações da empresa o “atendimento a clubes e associações, entre os quais o Key Club Prestige, a Cruz Vermelha Portuguesa e o Portal Universia”.
    O grupo Key Club apresenta-se, por sua vez, como “um conjunto de empresas que actuam nas áreas das viagens e dos serviços, destacando-se o Key Club - Clube de Férias e Serviços -, o Key Club Travel na área das viagens, o Key Club Marketing Directo na prestação de serviços e o Key Club Holidays, na gestão hoteleira”, acrescentando que “todo o processo é liderado por uma Sociedade Gestora de Participações Sociais”.
    A Key Travel é descrita como “operador turístico criado para a contratação directa com a Hotelaria do Algarve e sul de Espanha e obtenção dos melhores preços para os associados Key Club” e nas condições legais é especificado que “a organização técnica destas viagens foi realizada por PALME VIAGENS E TURISMO, S.A. com sede na Av. Alm. Gago Coutinho, 80-A, em Lisboa, Contribuinte Fiscal n.º 503 413 755, com o capital social realizado de 8.000.000$, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o n.º 3997 e com o alvará n.º 749/95, e em exclusivo para os sócios Key Club”.
    No directório de sócios da APAVT — Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo a Palme – Viagens e Turismo, SA, figura como “Aderente”, tendo filiais em Leiria, no Porto e em Armação de Pêra. A sentença do Tribunal do Comércio de Lisboa indica que “o prazo para reclamação de créditos foi fixado em 30 dias” e que o Administrador da Insolvência é o Dr. José Luís Caetano Marques.

    ResponderEliminar
  18. Boa Noite.
    "NÃO TEMAM!" penso que deveríamos todos reforçar esta ideia.Digo isto porque têm surgido alguns comentários de "Anónimos" que parecem intimidar os leitores que acompanham os comentários do blog "Contra o Key Club".É verdade que as cartas do Solicitador de Execução Mário Rodrigues de Melo Pelica são para ser levadas muito a sério - todavia, penso que não é altura de cruzar os braços, numa atitude derrotista, e nada fazer. Continuo a achar que devemos sempre fazer OPOSIÇÃO À PENHORA, no prazo de 15 dias, a não ser aqueles que realmente sejam devedores da dívida requerida pelo solicitador de execução.Todos aqueles que deixaram de pagar as Anuidades depois de 2008, porque a Palme II deixou de prestar os Serviços Hoteleiros Contratualizados, colocando-se na situação de Incumprimento do Contrato devem apresentar, com convicção e firmeza, oposição à execução notificada pelo Solicitador Mário Rodrigues de Melo Pelica!
    A passividade frente à ameaça de penhora do solicitador Mário Pelica nada resolve e só torna as coisas ainda mais complicadas!!!
    Cumprimentos.
    João Pereira

    ResponderEliminar
  19. Olá a todos,

    O meu diferendo com a Palme viagens é comum.
    Apesar de tudo eu paguei tudo o que devia, mas tenho as anuidades que se mantém até 2019.
    Contactei pessoalmente os serviços e mais tarde escrevi uma carta registada a solicitar a rescisão do contrato perdendo eu todos os valores já pagos, apenas me quero desvincular desta situação.
    A resposta que me foi dada aquando do meu contacto pessoal, foi de que teria de pagar tudo até 2019, com o que não concordei. A carta que entretanto escrevi até hoje não tive qualquer resposta.
    No fundo o que pretendo é solidarizar-me convosco nesta batalha que julgo poderá ser ganha por todos se nos conseguirmos unir, contra gente fraudulenta e que a lei de alguma forma ainda protege.
    Vou acompanhar o desenrolar e se possivel participar nos próximos episódios.
    Obrigado. o meu contacto é: fcfernandes50@gmail.com

    ResponderEliminar
  20. Olá!

    Tenho observado que o modo de operar da Palme - Key Club - é diferenciada em relação aos seus sócios, por motivo que me é desconhecido.

    Quando recebi uma carta da LOJA JURÍDICA, da mandatária do Key Club, Dr.ª Sofia Ribeiro, escrevi-lhes uma carta a expressar a minha insatisfação com a "Política de Marketing" do KEY CLUB e solicitando, em simultâneo, informações sobre as condições em que aceitavam a anulação do Contrato.

    A resposta que recebi do Key Club, passados vários meses, foi que, aceitavam terminar o vínculo contratual como pagamento de METADE das Anuidades Vincendas, no meu caso, terminando o Contrato em 2021, faltam 10 anos, pelo que teria de pagar metade dessas anuidades.

    Todavia, afigura-se-me uma INJUSTIÇA terem já ficado com 4,600,00 € em troca de apenas 2 serviços (Muito Bem Pagos!!!) pelo que declinei de imediato a proposta fraudulenta do Key Club. (joao.pereira@estradas.pt)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Identifiquei-me com o seu caso, pois também a mim me foi proposto, através de contacto telefónico seguido de carta registada, o terminus do contrato (que está previsto para 2015)tendo para tal que fazer o pagamento de metade das anuidades, correspondentes aos 2 anos que faltam, de uma só vez ou em 2 prestações, dizendo que após o pagamento me seria enviada uma declaração de cancelamento. Deixei passar o prazo dado para esta opção, mas também não tenho vontade de lhes pagar mais nada. Será possível, sem sofrer consequências?

      Eliminar
  21. Bom dia Pedro Alves.Bom dia Blognautas.
    Começo por felicitar quem teve a excelente ideia de criar um meio de unir pessoas lesadas, a fim de fornecer inter-ajuda. É muito nobre de vossa parte e também de quem, tendo ganho o caso decide partilhar e ajudar outros.
    No meu caso, recebi tambem uma carta do balcao nacional de Injuçoões, contactei de imediato um advogado que na altura (Novembro2010)e o processo está em curso.
    NB: tenho audiencia em tribunal para finais de Setembro em Coimbra(minha área de residencia)eo meu advogado aconselha-me a arranjar 3 ou mais testemunhas, entre aqueles que igualmente tenham sido lesados. Posso contar convosco??
    meu nome: Ary Sam agradeço resposta célere.Assumirei gastos com deslocaçoes se for necessario.
    Ary Sam sambango@gmail.com

    ResponderEliminar
  22. Ary Sam continuando:
    Se foi lesado pela Key club/Palme,
    se ja esteve em tribunal ou até tem ja sua causa ganha,se não vive muito longe de Coimbra, entao penso que será a pessoa ideal para testemunhar.Contacte-me por mail.Como o meu caso ja esta em tribunal penso que nao poderei adiantar muita coisa mas espero contar com vossa ajuda.
    sambango@gmail.com

    ResponderEliminar
  23. João Pereira
    Estou pronto para testemunhar contra a empresa PALME II / key Club e OS SEUS ENGANOS!
    joao.pereira@estradas.pt
    (272 349 225)

    ResponderEliminar
  24. Boa Tarde!
    Está a aproximar-se o fim do mês de Julho e gostaria de fazer um "balanço" da situação, porém, por falta de informação ainda não me é possível.
    Deixo, porém, o seguinte comentário:
    No dia 7 de Agosto de 2009, foi aprovado o Plano de Insolvência apresentado pela empresa Palme II / KEY CLUB, tendo recebido essa aprovação pela credora CREDIBOM - Instituição Financeira de Crédito, S.A., o que, como já todos sabem, deu luz verde aos senhores do KEY CLUB para proseguirem com Processos de Injunções + Processos de Execução / Penhoras contra os Sócios, pelo menos, por mais dois anos, 2010 e 2011.
    Todavia, o facto é que existe pouquíssima informação relativamente em que consiste esse Plano! Será simplesmente a cobrança coerciva das Anuidades, antes de a empresa PALME ser finalmente dissolvida?
    Alguém sabe o que aconteceu á outra Palme: PALME VIAGENS E TURISMO, S.A. - Também foi aprovado um Plano de Insolvência ou foi deliberado optar-se pela sua total extinção?
    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  25. Boa noite,
    Eu também fui um dos burlados por esses senhores da Key Club com a Credibom por detrás, praticamente fomos obrigados a assinar o contrato sem sabermos o verdadeiro conteudo por já se fazer tarde, estou desponivel para o que der e vier, quanto a Palme ll já via a insolvencia inclusivo com numero de processo mas nada mais sei sobre os permenores.

    Jorge Gonçalves.

    ResponderEliminar
  26. Boa tarte!
    Na verdade não sei qual é a mais culpada, se a PALME II / KEY CLUB ou se a CREDIBOM!
    Não fomos "obrigados" a assinar o contrado, mais bem pressionados de forma muito agressiva, mas especialmente fomos iludidos com as falsas promessas do KEY CLUB!

    Prometerma "mundos e fundos" e agora negam-se a dar aquilo que prometeram antes, fazendo falsas promessas e dando garantias ilusórias! Puro engano! A mim, o Sr. Vagner Nunes, promotor do KEY CLUB, fez-me a FALSA PROMESSA de que o Key Club iria abrir uma Agência em Castelo Branco, no ano de 2006 ou em 2007! Grande mentira e eu "caí que nem um patinho"!

    Aproveito para referir que a estratégia seguida pela INTERPASS é muito semelhante à do ex-KEY CLUB! Cuidado! Mas, pelo menos a Inerpass não está falida...

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde,

    No dia 18 deste mês a minha esposa recebeu uma carta de injução, por um contrato que tinha feito em 07/07/2004.

    Dado que se trata de um montante elevado e sem justificação fui procurar uma solução cheguei a este blog daí estar a entrar em contacto convosco, espero sinceramente que não se importem.

    Acontece que denunciou o contrato via fax dentro do prazo legal tendo os promotores ligado a tentar demovê-la. (passados tantos anos perdeu-se o comprovativo e o fax),
    Como não a conseguiram demover, deram-lhe a confirmação de que o contrato se encontrava anulado.
    Ainda assim a minha esposa enviou posteriormente, no dia 27/07/2004, uma carta registada a confirmar essa anulação.

    Entretanto, e por este mesmo assunto acabou por se chatear com a mãe e saiu de casa, tendo ido morar com amigos, nunca mais tendo voltado a residir em casa da mãe, apesar de ter entretanto feito as pazes com ela.

    Pelo que pude obter da minha sogra, nessa altura ela recebeu duas cartas da keyClub, as quais devolveu ao carteiro com a nota "mudou-se para parte incerta".

    e ao que parece o mês passado ou à 2 meses (não me soube precisar) recebeu mais duas cartas dirigidas à minha as quais devolveu ao carteiro com a indicação de que não residia naquela morada.

    Assim o ponto de situação é o seguinte:
    dia 7 de julho de 2004 a minha esposa foi a uma apresentação do KeyClub no "Luna Esperança Centro Hotel", em setúbal, para a qual havia sido convidada sobe a promessa de uma estadia ou viagem (já não se recorda);
    No final dessa apresentação sofreu uma grande pressão para assinar o contrato para obter um cartão KEYCLUB PRESTIGE, que acabou por assinar para que a deixassem em paz;
    passados alguns dias enviou um FAX a denunciar o contrato;
    foi-lhe dada a indicação que o contrato havia sido anulado, e deveria enviar uma carta registada para que a anulação fosse efectivada.
    entre o envio do FAX e o envio da carta registada mudou-se para a casa de amigos devido a uma grande discussão com a mãe.
    Enviou no dia 27 de Julho de 2004 uma carta registada, como o mesmo conteúdo que o FAX anteriormente enviado, a confirmar a denúncia.
    NUNCA RECEBEU QUALQUER CARTÃO;
    NUNCA PAGOU QUALQUER MENSALIDADE;
    NUNCA MAIS FOI CONTACTADA PELA KEY CLUB APESAR DESTES TEREM O CONTACTO TELEFÓNICO DELA (QUE SE MANTEVE);
    no dia 18 de Outubro de 2011 recebe uma carta de injunção a indacar que tem cerca de 6 mil euros em divida;
    no dia 19 dirigiu-se à KEYCLUB para obter toda a documentação afecta ao processo dela;
    O FAX não se encontrava no meio da documentação (extraviou-se propositadamente quer-me parecer);
    Já contactámos o gabinete de apoio ao consumidor do montijo, que tem tentado ajudar-nos dentro das suas possibilidades
    Dados estes pontos, e considerando que fomos pais à 5 meses, a nossa situação financeira acabou por se tornar um pouco mais complexa e dado que existe a possibilidade de ela ficar desempregada a médio/curto prazo... a situação é um pouco desesperante.

    Assim, peço-lhes encarecidamente o vosso conselho e recomendações.

    queremos apresentar oposição à injunção, daí precisarmos de um bom advogado de forma a garantir uma resposta incontestável.

    Moramos no Montijo, podem recomendar um advogado nessa zona, se possível que seja sensível à nossa delicada situação financeira?

    Provavelmente precisaremos de testemunhas.
    têm conhecimento de alguém que esteja ou tenha estado na situação, ou que precise também de testemunhas?

    Conhecem mais alguém que nos possa ajudar?

    Agradeço desde já toda atenção e disponibilidade que tiverem para dar a este assunto

    Luis Castanheira
    spart0@gmail.com

    ResponderEliminar
  28. precizo urgente 3 testemunhas julgamento contra estes burlões prontifico me a pagar deslocações assim como ser testemunha mesmo caso dinis loureiro 967002100

    ResponderEliminar
  29. julgamento dia 12 de janeiro dinisloureiro@hotmail.com

    ResponderEliminar
  30. Olá a todos!

    Importa referir o seguinte:

    Sempre que alguém solicite a colaboração de eventuais testemunhas, é fundamental que se indique sempre os seguintes dados:

    - O Tribunal onde será a audiência;
    - Data e hora da audiência;
    - Uma pequena síntese do fundamento da oposição (dívida do valor do Cartão Key Club, somente anuidades, etc.)

    Estas informações são importantes, pelo que deixo aqui a sugestão para que sejam referidas!

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  31. ola amigos
    vou em fevereiro a tribunal por causa de nao ter pago anuidades
    que devo fazer
    obrigado
    jmateus@ul.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sr José tentei ajudá-lo mas o meu mail foi devolvido, Cuidado pk nem sempre se ganha, para tal, há k ter uma oposição baseada no incumprimento das claúsulas do contrato e outros actos da parte da key k nos prejudicaram como o caso da retirada do keypoints, quando é a audiência? Pode levar 3 testemunhas por videoconferência, mas tem k fazer rekerimento ao juíz do tribunal onde decorrerá o julgamento, atempadamente para k autorize e seja comunicado ás testemunhas
      Boa sorte
      Aida

      Eliminar
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  33. Olá!

    "NÃO TEMAM!" é o título deste post.
    Ora, efetivamente, uma das técnicas amplamente utilizadas pelo Key Club é a intimidação dos seus Sócios, quer através de "SMS" quer por meio de cartas.
    Será que a Liberdade de Expressão e de Opinião tem algum significado para o Key Club?

    ResponderEliminar
  34. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  35. ola amigos
    ja fui a tribunal por causa de nao ter pago anuidades a juiza decidiu a meu favor , agora dizem-me que vao apresentar queixa crime contra mim por ter escrito no blog a dizert mal deles . sinceramente se disse nao me lembro.
    ajudem-me que devo fazer
    jagmateus@ul.pt

    ResponderEliminar
  36. Boa tarde Sr. José Mateus,

    O blogue intitulado "Contra key club", tal como anunciado, pretende ajudar todas as pessoas que se sentem defraudadas pela empresa Palme S.A. (Key Club), por meio da divulgação de informação periódica acerca desta empresa insolvente, sendo que o Plano de Insolvência prevê um prazo de 8 Anos para a liquidação total das dívidas contraídas pela Palme SA até ao mês de Agosto de 2008.

    A carta que recebeu, tendo como assunto "Queixa Crime", foi remetida aos Sócios Key Club que manifestaram a sua indignação e queixa em relação à sua insatisfação quanto aos serviços alegadamente disponibilizados pelo Key Club.

    Na realidade, muitos Sócios Key Club têm-se manifestado contra a evidente FALTA DE INFORMAÇÃO PERIÓDICA a qual deveria ser providenciada pela empresa Palme II, S.A., segundo o que ficou estabelecido nas cláusulas contratuais.

    Ora, todas estas Queixas e Reclamações, expressas de forma aberta e livre, causaram incómodo em alguns representantes da empresa insolvente Palme S.A..

    Constatamos, com agrado, que este ano (2012) a empresa PALME II, S.A. já se disponibilizou a enviar aos Sócios Key Club um xemplar da publicação especial do Key Club intitulada «Manual de Descontos», em conformidade com aquilo que ficou estauído nos "Contratos de Associação".

    TODAVIA, muito mais falta fazer para cumprirem na íntegra com as Condições Gerais dos Cartões Key Club Premium!

    Assim sendo, a Administração da empresa PALME II, S.A., em
    defesa do bom nome da «Palme SA» e da marca "KeyClub", deverá, obrgatórimanete, promover o cumprimento de todas as cláusulas contratuais. Doutro modo,como poderá esperar que os seus Clientes se sintam satisfeitos?

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  37. eu tambem recebi uma carta de keixa crime mas nao vou pagar nada eles que vai trabalhar para trolha ai eles veem o que duro trabalhar a pa e pica para receberem o fim do mes sem enganos nem burlas e por isso que o nosso pais esta em crise por causa deles

    ResponderEliminar
  38. Nao só os contratos da palme e key club podem ser nulos ou e anulaveis, tambem os da interpass e demais que nao tenham sido lidos na integra e explicadas todoas as clausulas aos signatários, para alem de os produtos comercializados por estas empresas em 99% dos casos nao sao disponibilizados aos clientes........há não existem contratos vitalicios, é uma clausula imperativamente nula!!! Ana Silva

    ResponderEliminar
  39. Aida, há prazo para intentar acção contra a interpass ou outra e pedir rembolso das mensalidades pagas? Só tenho esta duvida. Ana Silva

    ResponderEliminar
  40. eu fiz um contrato com a Interpass a semana passada, mas depois de ver tanta gente a falar deste tipo de firmas e embora tenha uma amiga que esta satisfeita com os serviços, fiquei com medo, ainda vou a tempo de exercer o direito á não resolução do contrato, mas como posso confirmar se a minha amiga tem razão se só posso verificar os factos depois do envio dos cartões ou seja já com o contrato resolvido. dai a minha pergunta posso depois de resolvido o contrato anula-lo por incumprimento e por não me informarem que estava a fazer um credito? respondam para hhjsa@hotmail.com

    ResponderEliminar
  41. Segundo o Código Civil, a parte lesada pode solicitar a resolução do Contrato (ou a sua renegocição) por motivo de incumprimento. Todavia, na prática, as coisas não são tão simples como parecem e este tipo de litígios com estas "Grandes Empresas" costuma sair muito dispendioso para o Consumidor!

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  42. Boa tarde,
    Sou mais um lesado pela Interpass.
    Assinei um contrato credito do qual me arrependo pois tudo o que pintaram é tudo mentira...
    Será que ha alguma maneira de anular este credito?
    gil_ptm@hotmail.com

    ResponderEliminar
  43. TRIBUNAL DO COMÉRCIO DE LISBOA

    "A PALME II encontra-se impossibilitada de cumprir
    as suas obrigações vencidas
    e , de facto, não as vem cumprindo,
    situação irreversível
    dado que HÁ CINCO ANOS que
    a sociedade não exerce qualquer actividade."

    ResponderEliminar
  44. TRIBUNAL DO COMÉRCIO DE LISBOA

    *****

    "Entende a PALME II ser possível a sua viabilização
    com uma moratória no pagamento das suas dívidas,
    recuperação essa que depende da recuperação
    da sociedade PALME VIAGENS E TURISMO, S.A.,
    empresa do mesmo Grupo e que na mesma data se apresentou
    à insolvência."



    - DÍVIDAS DA PALME II - € 3.961.265,45

    ResponderEliminar
  45. Boa tarde!

    Fui contactada pelo Key Club, por telefone e por carta registada disponibilizando-se para antecipar o terminus do meu contrato (previsto para 2015, sendo necessário para tal fazer o pagamento de metade das anuidades vincendas de uma só vez ou em 2 prestações e que após o pagamento me seria enviada uma declaração de cancelamento. Entretanto o prazo para aceitar essa opção passou, mas não me agrada ter de pagar mais nada, pois nunca usufruí de quaisquer vantagens. Será que alguém me sabe dizer como proceder para deixar de pagar as 2 anuidades que faltam, sem sofrer consequências? Ou agora, que falta pouco, será mais cómodo pagar até ao fim do contrato?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A decisão cabe a si, sei que essa forma de cpntacto é para cativar o pessoal porque pensa que assim faz bom negócio, mas na verdade o que eles têm é medo de caso deixe ir para tribunal os possa deitar abaixo como já muitas vezes aconteceu. Agora ainda temem mais poque há uma Ação Popular em curso e caso se ganhe todos os contratos serão anulados, não sou jurista para lhe dizer se quem aceitar acordos com eles, tem direito à anulação resultante da Ação Popular.
      Você É que sabe se usufruiu dos serviços deles várias vezes sobretudo a partir de 2008 sem se queixar, pois a partir desta data retiraram as regalias dos contratos e se o pessoal se foi servindo sem nada se queixar é porque não se incomodou portanto não sei o que poderão alegar após estes anos todos. Há que ver que se ganha conforme as situações, quem nunca nada usufruiu, quem usufruiu e prove que foi mal servido, quem nunca recebeu cartão e agora aparecem pagamentos, quem não assinou contratos e aparecem pagamentos, etc , pois tem aparecido queixas variadas, até de contratos com crianças e com pessoas que foram apenas acompanhantes e lhes disseram que para terem o premio tinham que assina, aqui tem aparecido de tudo

      Eliminar
    2. Olá Maria,

      Anuidade de 2013. 2014 e 2015.

      Agora que falta pouco, a via mais cómoda para si será pagar, cada ano, cada uma das anuidades vincendas.

      Porquê pagar por antecipado?

      Tem a certeza de que a PALME II continuará no mercado após o mês de Setembro de 2013?

      Eliminar
    3. Boa tarde.

      A decisão mais apropriada é certamente fazer a DENÚNCIA do "Contrato de Associação", mediante carta registada com aviso de recepção, endereçada à Administração da PALME II, S.A. (Key Club), invocando as diversas situações de incumprimento do contrato.

      Dê um prazo de 10 dias para lhe responderem, sob pena de ser considerada aceite tacitamente a Rescisão do Contrato!

      Eliminar
  46. Sinceramente ,onde está o bom senso dos altos dirigentes do Club Interpass. Como sócia vou pagar 6 anos sem usufruir qualquer regalia. Afinal, para quê um contrato vitalício se as pessoas vão ficando cada vez, menos capacitadas e algumas já não podem viajar.

    ResponderEliminar
  47. Boa tarde,
    A minha mulher tem contrato com a interpass. Há alguém que consegui cancelar o contrato? Se sim agradecia que me informassem como o fizeram. Obrigado pela atenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanto quanto sei e por várias pesquisas que fiz, para já parecem existir cláusulas abusivas por parte dos contratos da Interpass. Ninguém pode ser obrigado a permanecer com um serviço que não quer mais usufruir... De qualquer forma, fica aqui a lei: 446/85, de 25 de outubro. Artº 18º, alínea J). Não se deixem intimidar pelas ameaças desses burlões!

      Eliminar
  48. Boa tarde Aida,
    Estou na mesma situação com a Interpass, isto é, fui burlado e ainda estou a pagar o crédito! No entanto, não encontro o decreto-lei 359/9 do código civil, que prevê a invalidade de contratos assinados em hóteis, fora das instalações comerciais dessas empresas. Consegue esclarecer-me ou dizer-me onde consultar essa lei?
    Grato!
    Todos juntos, acredito que acabaremos por vencer esses burlões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Envie pedido de cooperação para aconsumidoreslesados@gmail.com

      Eliminar
    2. É alguma entidade jurídica para onde vou enviar? Gostaria só de saber já agora a quem pertence esse mail que me deu.
      E desde já o meu muito obrigado pela ajuda!

      Eliminar
  49. Boas uns amigos meus tds eles jovens alugaram um espaço vitalicio a outro colega. Como se pode anular um contrato destes? Tenho que referiri q este personagem paga 55€ por mes e nada mais. Urgente

    ResponderEliminar
  50. JUÍZOS DE PEQUENA INSTÂNCIA CÍVEL DE LISBOA

    Proc. N.º 257544/11.7YIPRT


    Massa Insolvente de Palme II - Comercialização de Cartões de Desconto, S.A., com domicílio no Campo Grande, n.º 28, 3.º C, Lisboa, instaurou... injunção, contra Rui dos Santos Braz Bernardo (...) pedindo a condenação do R. a pagar-lhe a quantia de 79,20 euros (...)

    FUNDAMENTAÇÃO DE DIREITO

    Os contratos devem ser pontualmente cumpridos - artigo 406.º do C.C. -
    o que a Massa Insolvente de Palme II não fez.

    (...) seria atentatório da Boa Fé, consistindo num verdadeiro Abuso de Direito, ou, pelo menos, num Enriquecimento Sem Causa (artigos 334.º e 473.º, n.º 1 do C.C.).

    Durante anos, entre 2007 e 2013, a Massa Insolvente de Palme II
    não proporcionou ao R. quaisquer serviços (...)


    DECISÃO

    Pelo exposto, julgo a ação improcedente e decido absolver do pedido o réu, Rui dos Santos Braz Bernardo.

    Mais, decido condenar a Autora, Massa Inolvente de Palme II - Comercialização de Cartões de Desconto, S.A., como litigante de má fé
    na multa de 2 UCs. (€ 204,00)


    ResponderEliminar
  51. Boa noite, tambem fui enganada. Nunca aguei nem usei nada da inetrpass agora ligaram-me os advogados a fazer a ameça de penhoras. o que me aconcelham?

    ResponderEliminar
  52. boa tarde també fui enganada por essa escumalha sem escrupulos e não quero nem posso pagar mais nada a esses burlões me ajudem por favor

    ResponderEliminar
  53. Boa tarde a interpass penhorou-me este mês o salário sem uma única carta do tribunal ou outra coisa do género eu gostaria de saber se há alguma forma de interceder contra eles e como posso rescindir contrato com esta dita empresa.
    agradeço ajuda obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas como é possível irem ao salário onde Fomos Burlados

      Eliminar
    2. Mas como é possível irem ao salário onde Fomos Burlados

      Eliminar
  54. Como é possível penhorarem o seu salário por uma Burla

    ResponderEliminar
  55. Como é possível penhorarem o seu salário por uma Burla

    ResponderEliminar
  56. Agradecia que alguém me indicassem o que devia fazer caso interpasse também fui enganado. Ja estou a pagar 50 euros todos os meses durante 5 anos e não só mais taxas anuais que são 70 euros. Estou farto mandar cartas para rescindir dizem sempre que não pode ser. Não tenho vantagens nenhumas com esta gente. 919742949

    ResponderEliminar
  57. Agradecia que alguém me indicassem o que devia fazer caso interpasse também fui enganado. Ja estou a pagar 50 euros todos os meses durante 5 anos e não só mais taxas anuais que são 70 euros. Estou farto mandar cartas para rescindir dizem sempre que não pode ser. Não tenho vantagens nenhumas com esta gente. 919742949

    ResponderEliminar
  58. Boa tarde,
    Preciso da vossa ajuda, á alguns sobre muita pressão o que é a forma normal de trabalhar da Interpass, assinei um contrato e paguei o valor na totalidade, nunca recebi a revista anual, ao qual a interpass é obrigada a enviar. Por diversas vez telefonei a pedir como podia anular o contrato e sempre a mesma resposta, é um contrato vitalicio não pode ser anulado. Como não recebia a revista, deixei de pagar a anuidade. Agora tenho uma Sra. Daniela Rodrigues com ameaças de processo de injunção.

    O que posso fazer para resolver a questão?
    Obrigada

    ResponderEliminar