sábado, 10 de setembro de 2011

KEY CLUB - INJUNÇÕES - Informações Gerais



MASSA INSOLVENTEde PALME II
Comercialização de Cartões de Desconto, S.A.

"KEY CLUB"








Informações Gerais




Quero agradecer ao Pedro Alves por todos os seus contributos no sentido de prestar a possível ajuda aos Sócios do Key Club que se sentem lesados pela PALME II, S.A., vulgarmente conhecida como "Key Club".
Reedita-se o “post” do mês de Junho de 2011, com algumas atualizações, de forma a ficar reunida a informação mais relevante numa única mensagem.
Relativamente a diversas questões dos Sócios Key Club, divulgam-se as seguintes informações:


 




*****

Carta da Loja Jurídica


A carta de "interpelação para pagamento de dívida", enviada pela Loja Jurídica, é a primeira das cartas enviadas ao Sócio Key Club antes de se iniciar o Processo de Injunção, por meio do envio de um Requerimento de Injunção, via eletrónica, para o Balcão Nacional de Injunções, tendo em vista a obtenção de um Título Executivo. Nesta fase, já se encontra nomeada a mandatária da Massa Insolvente da Palme II, a Dr.ª Sofia Almeida Ribeiro. Não existe um prazo específico para se responder a esta primeira carta. Todavia, visto que o assunto não vai parar por aqui, é conveniente que se dê uma resposta a esta carta, por meio de carta registada com aviso de recepção, invocando os factos pelos quais se considera não ser devedor das quantias solicitadas.



Notificação de Injunção


Injunção é enviada pelo Balcão Nacional de Injunções e tem um prazo de 15 DIAS consecutivos para a apresentação de oposição ou pagar, à Requerente, o valor indicado. Esta carta vem apresentar a pretensão da Massa insolvente da PALME II, S.A. alegando um incumprimento contratual, geralmente respeitante ao não pagamento das anuidades ou das prestações do Cartão Key Club. Devem apresentar oposição, se de facto conseguirem apresentar argumentos e factos válidos. Consultem, para o efeito, os outros posts neste blog que divulgam informações importantes a ter em conta para as vossas oposições. Aconselha-se a consulta de um advogado que vos auxilie, apesar de existirem casos em que foi possível ganhar esta causa sem recorrer aos serviços de advogados. Todavia, temos consciência que poderá ser mais difícil e como “cada caso é um caso” cada pessoa deverá avaliar qual é a melhor forma de defender os seus interesses. É importante informarem-se corretamente e com a devida antecedência para que consigam construir adequadamente as oposições.

A oposição deverá ser remetida ao Balcão Nacional de Injunções.

Não cometam o erro de remeter a oposição à mandatária da Massa Insolvente da Palme II, S.A. ou à própria PALME II, S.A., como tem acontecido algumas vezes, com as consequências daí resultantes.
 







____________________________




Notificação de Processo Executivo para Penhora

A carta (notificação) do Agente de Execução, Mário Rodrigues de Melo Pelica, é referente à execução de penhora. Estes casos são muito graves e requerem rapidamente ajuda jurídica. Geralmente, estes casos surgem porque não foi apresentada oposição á Injunção.
Solicitem com a máxima urgência o auxílio de um advogado para analisar o vosso caso ou solicitem Apoio Judiciário por meio de requerimento entregue na Segurança Social, porque é fundamental responder em tempo útil á execução, caso contrário os vossos bens poderão vir a ser penhorados.

Se não receberam nenhuma Notificação de Injunção antes da carta do Solicitador, poderá ser apresentado um requerimento, bem como se houve alteração de morada e a Injunção não foi recebida a tempo de deduzir oposição. Informem-se, com urgência, junto de um advogado. Cada caso deverá ser devidamente analisado por um advogado competente que consiga reunir toda a informação e os factos que podem ser invocados para anular a execução ou suspender a execução, de modo a apresentar a oposição a tempo.
 



Citação do Executado 


São poucos os Sócios do Key Club que receberam a Citação. Somente aqueles que não deduziram Oposição à Injunção é que transitam para "esta fase". Convém saber que, após a Citação, querendo deduzir oposição à execução, é concedido um prazo de 20 DIAS para o efeito, devendo a oposição ser enviada, obrigatoriamente, ao Tribunal referenciado na própria Citação. 
A Citação deverá ser acompanhada de cópia de todos os elementos necessários à compreensão do processo. 

Os contactos do solicitador de execução Mário Rodrigues de Melo Pelica, para eventuais pedidos de esclarecimentos, relativamente ao Processo Executivo, são os seguintes:
 

MÁRIO RODRIGUES DE MELO PELICA

Telefone: 214 214 368

Fax: ........ 214 212 028






Prazo para deduzir Oposição à Injunção


O prazo para fazer oposição à Injunção é de 15 DIAS consecutivos após a assinatura do Aviso de Recepção ou da data de depósito certificada pelo distribuidor postal. A Notificação de injunção poderá ser remetida Registada com Aviso de Recepção (A.R.) ou por meio de carta com simples Prova de Depósito (P.D.).




 

Prazo para deduzir Oposição à Execução

 
Para a Oposição à Execução, aqueles que entendem que devem deduzir oposição, porque consideram que não são devedores dos valores exigidos, devem apresentar a oposição no prazo de 20 DIAS, por meio de carta registada com aviso de recepção, dirigida ao Tribunal onde corre o seu Processo Executivo – conforme indicação expressa na Citação. Também podem fazer a entrega da oposição, juntamente com as provas documentais anexas, na secretaria do Tribunal competente, efetuando o pagamento das respetivas Taxas de Justiça e anexando ao processo o comprovativo do seu pagamento.

Estes prazos são críticos para o decorrer do Processo e para que não se agrave a situação!
Se a Oposição for entregue fora do prazo legal é motivo suficiente para ser indeferida!
 


*****

Reúna o máximo de informação possível e leia atentamente as Condições Gerais do seu "Contrato de Associação" para verificar as cláusulas em que a PALME II, S.A. se encontre eventualmente em situação de incumprimento.

Toda a informação / documentação que seja possível reunir para o processo é essencial para provar os fundamentos expostos na vossa oposição.
Não dispense a consulta de um advogado.
Se não tivere possibilidade de pagar os honorários de um advogado, procure requerer Apoio Judiciário junto de uma Delegação Regional da Segurança Social.

Aconselha-se a explorar este blogue que já contem muita informação para vos ajudar!
Vejam os vários posts para visualizarem a informação que outros Leitores estão a colocar.





É imprescindível

TER MUITA ATENÇÃO AOS PRAZOS!


____________________________


 

37 comentários:

  1. Bom Dia
    Venho por este meio dizer a todos os que foram burlados que só tem fim este inferno quando á empresa que nos burlou perante um juiz ficar provada a burla e em seguida avancar contra eles eles estam em insolvencia tem que ser denunciada e por aí fora é isso que estou a tentar fazer, porque já andei em várias entidades e agora estou a avancar com este processo ,lutem não desistam , unidos vamos vencer , eu estou desempregada e estou a ser penhorada no subsidio de desemprego para a financiadora , mas não vou cruzar os braços .
    Cumprimentos
    fd.afonso@hotmail

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida Fernanda! Acredito que eles pagarão por tudo isto quando a Burla for comprovada. O que será bastante difícil, mas juntos conseguiremos a seu tempo.
    A maioria dos sócios neste momento está preocupada a resolver os seus casos individuais, mas acredito que quando as coisas acalmarem, esse passo será o mais importante para todos!

    Cumprimentos e força nesta luta!

    ResponderEliminar
  3. Estradas de Portugal à beira da falência
    A empresa Estradas de Portugal (EP) pode ter sérias dificuldades em obter financiamento, em 2013, e corre o risco de ficar financeiramente insustentável em 2014.

    ResponderEliminar
  4. Este blog, é para falar de burlas e burlões e não de noticias do País

    ResponderEliminar
  5. Desculpe, mas pode-nos especificar melhor o objectivo dessa notícia? Se de facto existe alguma semelhança ou relação com os casos deste blog, agradecemos melhor os seus esclarecimentos, caso contrário não há necessidade deste tipo de notícias que poderão não dizer respeito aos objectivos do blog.

    Grato pela sua compreensão

    ResponderEliminar
  6. o destinatário vai deixar aqui uma mensagem também ...

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde a Todos!

    Parece que "o nosso amigo anónimo" após deixar a sua mesnagem desapareceu do blogue.
    O mesmo aconteceu com a Palme Hóteis, sobre a qual tenho procurado obter qualquer informação mas sem qualquer resultado!

    De facto o Grupo Key Club parece estar oculto!
    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde a todos. A minha mulher recebeu tb uma notificação de injunção na última semana de Setembro. A advogada já está a preparar a resposta. O que precisamos é de testemunhas, neste caso alguém que esteja em situação semelhante. Naturalmente, tb nos ofereceremos para em troca fazermos o testemunho. Desde já obrigado a quem esteja disponível para tal. Zona de Lisboa de preferência, para não haver muito incómodo para quem quiser colaborar.
    Poderão contactar para o endereço de e-mail: hugonline@sapo.pt
    OBRIGADO!!

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde Sr. Hugo!

    Tendo em consideração a proximidade das áreas de residência, creio que poderia ser-lhe útil contactar o Sr. Luís Castanheira, na eventualidade de poder vir a ser sua testemunha:

    «Moramos no Montijo, podem recomendar um advogado nessa zona, se possível que seja sensível à nossa delicada situação financeira?

    Provavelmente precisaremos de testemunhas.
    têm conhecimento de alguém que esteja ou tenha estado na situação, ou que precise também de testemunhas?

    Conhecem mais alguém que nos possa ajudar?

    Agradeço desde já toda atenção e disponibilidade que tiverem para dar a este assunto

    Luis Castanheira
    spart0@gmail.com»

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  10. Eu já estou a pagar em prestações uma quantia...referente a anuidades nao pagas...nunca liguei nem à carta da Loja juridica, nem à injunção..até que quando dei por mim, a penhora de bens já estava à minha porta...que remédio tive eu se nao pagar. Acontece porém, que recebi agora, mais uma injunção, referente à anuidade de 2010!! Isto nunca mais tem fim?? O meu objectivo seria opor-me à injunção...mas dará a conta, dados as custas processuais que tenho que pagar? e mais...como é que eu consigo resolver este contrato de uma vez por todas????? Antecipadamente grata pelos esclarecimentos...

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde,

    Ora bem, à carta da Loja jurídica não é necessário dar grande importância, falo por experiência própria, porém, quanto à notificação de Injunção, o assunto já é bem diferente!
    É imperativo deduzir sempre oposição à Injunção, sob pena de a Requerente obter fácilmente um Título Executivo válido contra o requerido.

    Quanto à sua questão: «Isto nunca mais tem fim?»
    Efectivamente, esta situação já se prolonga por mais de 3 anos... infelizmente!
    Portanto, há três hipóteses:
    1 - Ou se paga o valor que eles querem;
    2 - Ou se chega a um acordo com a Massa Insolvente do Key Club para rescindir, por mútuo acordo, o respectivo Contrato;
    3 - Ou, finalmente, se faz oposição à Injunção, sendo certo que têmm que se pagar as Taxas de Justiça devidas.

    A resolução desse contrato, sendo essa a sua opção, deverá ser devidamente negociada com a Massa Insolvente da Palme, S.A. - é claro que, neste caso, vão-lhe pedir ainda mais dinheiro - afinal de contas, é isso mesmo o que eles querem!

    João Pereira

    ResponderEliminar
  12. Quanto a este caso relatado, convém esclarecer que as coisas não são assim tão lineares. Ou seja, para que, após a Injunção se proceda à Penhora, é necessário que a Requerente instaure um Processo Executivo, com fundamento no Título Executivo obtido através da injunção, não tendo a mesma sido contestada.
    Mesmo assim, apesar de tudo, ainda assiste ao Executado dedudir Oposição à Execução e à Penhora, no prazo de 20 dias a contar da Citação.
    Sendo assim, a efectivação de uma Penhora não é tão simples como aparentemente foi apresentado - existe sempre o direito legal de apresentar uma defesa!
    De todos os casos que conheço, até à presente data, em que a pessoa visada fez a devida Oposição, foi o Key Club que ficou de mãos a abanar!!!

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  13. Antes de mais, obrigada pela resposta..
    Eu quero deduzir oposição a esta injunção...já bastou a outra que serviu de titulo executivo à execução...e que estou a pagar em prestações...
    no entanto, eu encontro é alguma dificuldade nos fundamentos a utilizar para deduzir oposição.. e neste caso a dívida é de cerca de 100€...valerá a pena pagar as taxas de justiça? Não sei mesmo o que fazer...ajudem-me...
    Obrigada!!
    Ana

    ResponderEliminar
  14. Olá Ana!

    Dificuldade em invocar fundamentos na dedução da oposição?

    Eu tomo a liberdade de lhe perguntar:

    Que tipo de Serviços é que a empresa PALME II lhe prestou desde Setembro de 2008?
    As anuidades destinavam-se a suportar despesas administrativas bem específicas, conforme se encontra expressamente estipulado nos contratos, serviços esses que o Key Club há muito tempo deixou de prestar!!!

    Ora, se eles deixaram de prestar os serviços a que diziam respeito as anuidades, de que modo podem ainda exigir o pagamento desses serviços?

    Quanto à questão das Taxas de Justiça, no momento da distribuição do processo, cabe referir que as mesmas serão devolvidas nas seguintes situações:
    1) Falta de comparência à audiência em Tribunal por parte da mandatária da Massa Insolvente da PALME II;
    2) For julgada improcedente a pretensão da Massa insolvente da PALME II.
    Compete-lhe a si tomar essa decisão, em função da sua situação pessoal e das suas próprias convicções!

    Cumprimentos,
    João Pereira
    joao.pereira@estradas.pt

    ResponderEliminar
  15. Bom dia , venho por este meio juntar-me a este calote da KEY Club. Ao receber uma carta de um solicitador , que esta disponível só em voice mail. sendo assim vou avançar com quem de direito e meus amigos de um ordenado de 211€ , querem tirar quanto?? 100€ ?? ok vou pedir á vossa porta. Obrigado.

    ResponderEliminar
  16. Boa tarde,sou de castelo branco e gostaria de que todos juntos podessemos ter um advogado de "peso"para resolver e levar,até se possivel aos meios de comunicação toda esta nossa cituação.Se for complicado sugiro a que pelo menos os lesados de c.branco se juntem.
    M.Alexandre luzecor@sapo.pt

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde Sr. Alexandre!

    O meu nome é João Pereira, residente na cidade de Castelo Branco, e estou 100% CONTRA O KEY CLUB & seus Associados!

    os meus contactos são:
    Telemóvel: 961633371
    Telefone: 272 322 266 (a partir das 20h00)
    (joao.pereira@estradas.pt)

    Cumprimentos!
    João Pereira

    ResponderEliminar
  18. Olá a Todos!

    Compete esclarecer aqui o motivo provável do solicitador Mário Pelica já não quere atender o próprio telemóvel.
    Acontece que, esta semana,começou a enviar cartas ás Entidades Patronais para serem penhorados 1/3 dos salários... imagino que muitos devem estar com vontade de "falar" com ele!!!
    É uma autêntica vergonha!

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  19. Boa noite

    Sou mais uma vitima da Palme.
    No primeiro processo de injunção contestei e acabei por não pagar nada, tendo a palme desistido do processo o que está a acontecer em muitos casos, felizmente. o motivo é mesmo a falta de compar~encia da advogada, mas também me parece que não têm base para fundamento. No meu caso o contrato foi assinado em 1998 com a empresa palme e não com a Palme II, nesta data nem sequer constituida estava!!
    Agora tenho um novo processo, colocaram uma injunção pela anuidade de 2010.
    Pretendo rescindir oo contrato que termina em 2018, querem negociar por metade do valor a pagar.
    Pergunto eu... se perdoaram os anos vencidos porque tenho de pagar qualquer que seja o valor pelos anos vincendos, esta empresa está em incumprimento com o contrato, não tem condições para prestar qualquer serviço. Será que há justiça?? Ou seja se eu pretender continuar a pagar as anuidades até 2018, que serviços e beneficios vou obter desta empresa?!!
    Estou escandalizada, porque ter serviços e não beneficiar deles por minha opção é uma coisa agora pagar e não ter serviços, acho injusto.
    Temos de ir á luta, esta gente sobrevive á custa de quem trabalha!!

    ResponderEliminar
  20. Boa noite!

    O KEY CLUB, como já se apercebeu, além de insolvente, está desesperado por encaixar algumas receitas: afinal de contas, eles vivem das Anuidades dos sócios do Key Club!

    É que, se eles não amortizarem as dívidas à sua credora CREDIBOM - Instituição Financeira, correm o sério risco de terem que fechar as portas... tal como, segundo parece, já aconteceu com a outra Palme - PALME VIAGENS E TURISMO, S.A.!

    Os Melhores Cumprimentos!
    João Pereira
    (joao.pereira@estradas.pt)

    ResponderEliminar
  21. Boa noite .

    Tomei conhecimento da Key Club em 2004. Desloquei-me até um hotel em Cantanhede. Comunicaram que iriam abrir uma agência de viagens aqui na zona pois ainda estavam a tratar de uma agencia em Leiria, depois uma viagem de boas vindas até ao Rio de Janeiro ... Ninguém referiu que havia um contrato que desconheço.Pelo que pude ler há um contrato atá 2018?

    Desde então o telemóvel do agente do Key Club nunca atendeu em caso de dúvidas. Paguei as mensalidades. Cheguei a pagar algumas anuidades.
    Como nunca usufrui de viagens e só entravam em contato por carta não registada julguei que após as mensalidades pagas e por não ter usufruido de viagens não haveria nenhum problema.
    A Key Club tem enviado avisos de pagamento mas nenhuma é registada. Recebi há tempos um aviso do Sr Mário Pelica cujo assunto processo executivo para penhora. O exequente : comercialização de cartões de desconto s.a.
    Como resolver ?
    A execução de penhora pode acontecer?
    Tenho que fazer o que pede o Sr Pelica?

    Agradecia quem pudesse esclarecer.

    Os meus melhores cum+primentos.

    ResponderEliminar
  22. Os números de telefone e fax que estão na notificação são os do exequente. Não nenhum do Sr.Pelica.

    ResponderEliminar
  23. Boa noite!

    Os contactos do solicitador Pelica já foram divulgados no blogue...
    Agora, quem recebeu a carta do solicitador de execução, pode contar com a penhora imediatamente, sem Citação prévia!
    Aliás, desde o dia 28 de Outubro que muitos sócios do Key Club que receberam a triste notícia dada pela entidade patronal da enhora de parte do seu ordenado.

    A única solução, após se receber a CITAÇÃO, é deduzir oposição à execução / penhora no prazo de 20 dias.
    Não se deve3 confundir a carta simples do Mário Pelica com a CITAÇÃO: são coisas diferentes!

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  24. Sérgio Fonseca
    Boa tarde, a minha situação é a seguinte, o meu suposto contrato foi em 2005, mas no meu caso eu pensei que estava a assinar algo para poder usufruir do suposto prémio que tinha ganho que me tinham informado por telefone... pediram-me NIB na altura e não dei... vim embora e passado mais de 5 anos recebo a tal carta da loja juridica com mais de 6000€ de divida, reclamei e disse que não tinha assinado nenhum contrato de boa fé, não conhecia clausulas nenhumas, nao tinha nada de documentaçao deles, nem cartão nem usufrui de nada, pelo que percebo como não dei o NIB na altura nunca mais me enviaram nada nem me disseram nada anos e anos. Respondi a injunção através do advogado, foi marcado o julgamento para 3 de Outubro deste ano, julgamento esse que eles no dia anterior desistiram do processo... o juiz até me disse vá descansado e esqueça esta burla.. é TUDO feito de má fé.. nenhum contrato deles pode ser considerado válido em tribunal...começa tudo no tal pressuposto de termos ganho um prémio.. etc etc..pensei que estava definitivamente livre, e recebi à 2 semanas uma carta de injunçao a pedir a nuidade de 2010, já me opus obviamente através do advogado, mas com isto tudo estão constantemente a obrigar-me a gastar dinheiro para me defender, pageui 350€ da primeira vez de custas, agora mais 102 €... e agora recebo uma carta normal deles a pedir-me 97 € da anuidade de 2011/2012.. de um contrato que simplesmente não existe, na primeira carta da loja juridica penso que falava em 5 anos.. agora ja me pedem anuidade de 2011/2012.. obviamento nao vou pagar NADA e espero que tuda a gente não o faça pois se chegar a tribunal eles desistem ou perdem sempre.. Nºao sei é como me ver livre de uma vez por todas das cartas de injunçoes pois certamente receberei outra por causa da dita anuidade de 2011/2012 que não irei pagar..isto tudo é surreal, temos de mover processo contra eles ( administradores).. será que não posso reaver o dinheiro que gastei para me defender visto que eles depois desistem no dia do julgamento?
    Como podem pedir anuidade de um contrato que eles reclamavam em tribunal que eu devia 6000 € que eu contestei e em tribunal desistiram do processo mostrando com isso que não existe nenhum contrato válido e me veem pedir anuidades de uma coisa que nao existe?
    Cumprimentos a todos
    Sergioalexfonseca@hotmail.com
    932845796

    ResponderEliminar
  25. Eu estou completamente siderada com o que li e me apercebi. Fiz em 1994 ou 95 (já nem tenho a certeza) com o key club. Esse contrato terminou e AGORA vejo bens penhorados por uma empresa com a qual não tenho contacto há mais de DEZ anos. Nunca recebi carta nenhuma. Como é possível isto? estou completamente indignada e preciso de ajuda. Só me dei conta disto porque o que deveria receber de IRS foi para a Palme II!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  26. Tem a certeza de que a empresa com a qual celebrou o contrato em 1994/95 é a mesma que agora lhe penhorou o IRS?

    Se perdeu o contrato, deverá pedir cópia do mesmo à KeyClub.

    Quando receber uma carta intitulada "CITAÇÃO DO EXECUTADO", dispôe de 20 dias para fazer oposição à execução/penhora.

    ResponderEliminar
  27. Obrigada.
    Vou pedir o contrato, acho que já nem tenho o meu...
    o que estranho aqui é nunca ter recebido nada, nenhuma carta, nada de nada.
    Pergunto ao sr joão pereira se posso usar o mail que indicou num comentário anterior.

    ResponderEliminar

  28. Não é para estranhar o facto de não ter recebido qualquer correspondência ou folheto ou outros documentos da KeyClub.

    A KeyClub somente enviava correspondência aos sócios activos.
    Quando algum sócio, por qualquer motivo, deixava de pagar a anuidade, a KeyClub também deixava de enviar correspondência a esses sócios.

    Este procedimento estava previsto numa cláusula dos contratos mais antigos. Nos contratos mais recentes essa cláusula não foi incuida nas condições gerais.

    ResponderEliminar
  29. Boa Noite. Venho aqui expor o meu problema que pelos vistos é apenas mais um igual ao de tantos mas ao qual apelo a alguma ajuda. Os meus pais também fizeram um contrato com a palme em 1997 e em 2000, enviaram carta a cancelar o contrato. Carta essa que nunca obteve qualquer resposta. Em 2011, receberam uma injunção à qual deveriam ter deduzido oposição mas, na certeza que nada deviam, não o fizeram. Resultado: em Setembro de 2012, foi-lhe também penhorado o reembolso do IRS. E à dias, foram citados pelo Agente de Execução Mário Pelica. Agora que tive conhecimento desta confusão toda, sei que tenho de deduzir oposição. O problema é que os meus pais não fazem a minima ideia onde tem o contrato assinado em 1997 nem a tal carta enviada a cancelar e eu preciso disso para fazer a oposição. Enviei carta registada a KeyClub a solicitar envio de cópia do contrato mas até hoje, nada. O prazo para deduzir oposição acaba agora em Dezembro. Alguem tem um contrato de 1997 para o cartao Prestige que me possa enviar? Pelo menos as cláusulas gerais porque sem isto, não faço a minima ideia do que vou dizer para me opor e a divida que eles alegam ainda é de 2000€!!! Podem me ajudar por favor?
    Susana Pereira
    susana_sousa_pereira@hotmail.com

    ResponderEliminar
  30. A empresa Estradas de Portugal S. A. uma sociedade anónima de capitais públicos fechou o ano passado com um lucro de 110 milhões de euros. Metade dos seus administradores ganha mais que Cavaco Silva.

    ResponderEliminar
  31. Voltou a saga!
    Depois de me terem ido ao IRS entrei em contacto e confirmei que o meu contrato tinha iniciado em 94 e terminado em 2004. Reclamei com o tal Sr Pelica e foi-me devolvido o que tinha ficado retido em IRS. Julguei que o caso estava encerrado... Engano-meu!
    Recebi uma carta em Dezembro com a tal injunção. Estou farta disto tudo. Alguém tem o nome de um advogado que conheça esta história e me ajude a fazer a contestação?
    E agora será assim todos os anos? que gente vil!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para fazer a contestação, no seu caso, não é preciso ser um advogado que conheça o caso da Palme II.
      Se celebrou o contrato no ano de 1994, nesse ano a Palme II ainda não existia. Portanto, celebrou o contrato com OUTRA EMPRESA e a Palme II não tem legitimidade para cobrar seja o que for.

      Mas, é imprescindível referir a ilegitimidade da Palme II, alegando expressamente que não celebrou qualquer contrato com essa empresa!

      Eliminar
    2. Este anónimo deveria enviar um mail ou outro contacto para se lhe dar informações pk nem tudo aqui deveria ser dito abertamente pois anda por aki gente falsa À PESCA e fica a saber de mais

      Veja bem o seu contrato, veja bem a empresa k lhe forneceu os serviços olhe k não é a Palme II e só isso já é um ponto forte para você alegar, há já kem os tenha vencido com essa alegação

      Eliminar
    3. Boa noite.
      Acerca de 3 meses, a minha entidade patronal recebeu uma notificação de penhora de ordenado. Eu nunca recebi nada e fiquei muito indignada com isso tudo. Também foram ao meu IRS. Não sei até que ponto existe alguma legalidade nisso. Já entreguei o caso a uma advogada, mas não vejo resultados. Alguém já conseguiu não pagar os valores em divida? o meu e-mail: anapaulasousapires@hotmail.com
      Obrigado.

      Eliminar
  32. PALME INTERNACIONAL - N.º Contribuinte: 502 857 471


    PALME II - N.º Contribuinte: 503 364 908


    Este conflito resolve-se com a simples referência
    à diferença existente no N.º de Contribuintes.

    São empresas diferentes e independentes!

    ResponderEliminar
  33. Bom dia a todos, eu sou deputada vivian Stanley, um emprestador empréstimo privado que
    concede empréstimos vida oportunidade de tempo para pagar suas contas pessoais e dívidas
    e para começar o seu próprio negócio para as empresas privadas e indivíduos em uma
    taxa de 2%. Então, entre em contato conosco hoje através de e-mails, vivianstanley@gmail.com

    PEDIDO DE EMPRÉSTIMO:

    nome:
    gênero:
    país:
    condição:
    Morada:
    Telefone:
    ocupação:
    Montante necessário:
    Duração do empréstimo:
    data de nascimento:
    renda mensal:
    Candidatou-se antes?

    E-mail: taxa de juros de 2% ao ano.
    E-mail: vivianstanley@gmail.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui não precisamos de empréstimos para nada, NEM QUEREMOS QUE SE SIRVAM DESTE BLOG PARA PUBLICIDADE.

      QUEREMOS AJUDAR DA MELHOR FORMA E GRATUITAMENTE PESSOAS COM PROBLEMAS COM A PALME, E A KEY CLUB

      Eliminar