sexta-feira, 14 de outubro de 2011

RECLAMAÇÃO - Palme II, S.A. - KEY CLUB



RECLAMAÇÃO




Reclamante: João Pereira

Empresa: Palme II - Comercialização Cartões Desconto, S.A.


Marca: «Key Club»

Data: 2011-10-14



João António Barreiros Pereira, residente na cidade de Castelo Branco, vem apresentar RECLAMAÇÃO contra a empresa PALME IIComercialização de Cartões de Desconto, S.A., com sede social na rua do Campo Grande, 28 – 3.º C, 1700-093 Lisboa, pelos seguintes motivos:


No Hotel Tryp Colina do Castelo, sito na cidade de Castelo Branco, entre o Reclamante e a empresa Palme II, S.A. foi celebrado um CONTRATO DE ASSOCIAÇÃO, em 2006-06-12, tendo-lhe sido atribuído o n.º 52571.

A empresa Palme II, S.A. comprometeu-se a prestar Serviços Hoteleiros contratados, devidamente referenciados na Publicação do Key Club intitulada «Descubra Portugal», sendo o “Guia de Hóteis de Portugal para SóciosKEY CLUB, a qual deveria ser objecto de actualizações periódicas.

Do mesmo modo, a empresa Palme II, S.A. obrigou-se a enviar informação periódica ao Titular Principal do Cartão Key Club, na qualidade de Sócio Key Club.
Efectivamente, assim fez, até certo ponto, nos anos de 2006/2007 e 2007/2008.

Mas, após a sentença de declaração de insolvência da empresa Palme II, S.A., ocorrida no dia 5 de Setembro de 2008, o "Key Club" deixou de cumprir as suas obrigações inerentes ao referido Contrato, devido à sua manifesta incapacidade Técnica e Financeira.

Deixou de enviar a Informação Periódica, à qual, na qualidade de Sócio Key Club, tinha direito a receber, nomeadamente:


  • O Guia de Hóteis de Portugal para Sócios "KEY CLUB";


  • O Manual de Descontos, com as devidas actualizações periódicas;

  • Ausência de informação mensal sobre a Gestão do Programa Key Points;


  • Foi eliminada do website http://www.keyclub.pt/ TODA A INFORMAÇÃO referente à Unidade Hoteleira do Key Club, sita em Armação de Pêra, no Algarve, a qual era designada nas Publicações exclusivas do Key Club por "Hotel Key Club Holidays";


  • A Newsletter do Key Club, que se intitulava KEY CLUB News, sendo esta a Publicação Periódica que era dirigida aos Sócios Key Club.




Palme II, S.A. fez todas as alterações referidas, de forma unilateral, sem avisar de forma explícita os Sócios, no sentido de obter a prévia e imprescindível concordância por parte dos seus Associados, numa atitude de total desrespeito pelos direitos dos Sócios Key Club, na sua qualidade de Consumidores.

Deste modo, a empresa Palme II, S.A. não cumpriu com o que ficou estipulado no Contrato, pelo que se encontra em situação de incumprimento contratual, motivo pelo qual venho apresentar a presente Reclamação.


Castelo Branco, 14 de Outubro de 2011

O Reclamante,
João Pereira
Sócio N.º 52571

Cartão Key Club "Premium" 
Valor do Cartão K.C.: 4.641,00 €
Ano do Contrato: 2006











25 comentários:

  1. No dia 13 de Outubro de 2011, remeti a Reclamação supracitada à empresa PALME II, devolvendo-lhes o Cartão Key Club Premium.

    Estou a preparar a fundamentação da Oposição à próxima Injunção que a Massa Insolvente da Palme certamente me irá querer enviar...

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  2. Olá a Todos!

    No dia 13 de Outubro de 2011, enviei à empresa PALME II a Reclamação supracitada, devolvendo-lhes o respectivo Cartão Key Club Premium!

    Estou a preparar, por antecipado, a fundamentação da Oposição à próxima Injunção que a Massa Insolvente da Palme me queira enviar!

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  3. Boa Noite,

    Recebi recentemente a carta de injunção da keyclub.
    Celebrei o contrato no hotel esperança centro, em Setúbal a 7 de Julho de 2004.
    Eu denunciei o contrato por fax no limite dos 14 dias e enviei posteriormente carta registada a reforçar esse facto, tendo inclusive sido indicado pelos promotores da keyclub que estaria tudo resolvido e contrato anulado.
    Agora surge-me esta...
    vou apresentar oposição, vou alegar a denúncia do contrato bem como pressão coerciva na celebração do mesmo.
    provavelmente terei de indicar testemunhas, alguém da zona do Montijo ou grande Lisboa teria disponibilidade.

    Cumprimentos
    Telma E. Santo
    (spart0@hotmail.com)

    ResponderEliminar
  4. «Boa tarde a todos.
    A minha mulher recebeu tb uma notificação de injunção na última semana de Setembro. A advogada já está a preparar a resposta. O que precisamos é de testemunhas, neste caso alguém que esteja em situação semelhante. Naturalmente, tb nos ofereceremos para em troca fazermos o testemunho. Desde já obrigado a quem esteja disponível para tal. Zona de Lisboa de preferência, para não haver muito incómodo para quem quiser colaborar.
    Poderão contactar para o endereço de e-mail: hugonline@sapo.pt
    OBRIGADO!!»

    ResponderEliminar
  5. Boa noite,
    Não vão acreditar no que me aconteceu, depois de no ano passado ter recebido uma injunção deste bando de burlões, de ter-me oposto a mesma e de ter audiência marcada para o passado dia 3 de Outubro em que eles desistiram nessa mesma manhã, voltou tudo ao inicio, não é que hoje recebo nova injunção destes "anormais" a pedirem o pagamento da anuidade de 2010 só podem estar a brincar, como é possivel um tribunal ainda aceitar o que quer que seja deste tipo de gente, e pelo que me parece não tenho outro remédio a voltar a fazer tudo de novo, cada vez me sinto mais triste com este pobre Portugal onde os burlões se passeiam e os pobres trabalhadores passam a vida a pagar taxas de justiça para provar algo que já está provado desde 2008 incompetência e burla que é o que o Key Club é.
    Mas mais uma vez e por mt que me custe, porque ter que pagar mais 102€ de taxa de justiça, faz toda a diferença no magro orçamento que tenho,vou deduzir oposição e esperar por mais uma audiência em que são sempre os mesmos a aparecer.
    Isto foi só um alerta pois concerteza mais irão aparecer estejam atentos as vossas caixas do correio, mais uma em grande dos "artistas"

    ResponderEliminar
  6. ladroes bandidos erao bem detidos bem julgados...

    ResponderEliminar
  7. como vou sair desta burla estou a ser roubado.

    ResponderEliminar
  8. Carla...tenha em atenção que depois de ir a tribunal e lhe derem razão, pode pedir a devolução das taxas de justiça.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. Obrigada, pelo conselho mas eu já fiz isso,mas de certeza que chega mais rapido para pagar a nova taxa do que eu recebo a que já paguei, é o país que temos

    ResponderEliminar
  10. Olá Carla!

    Já considerou a possibilidade de solicitar Apoio Judiciário junto da Segurança Social?
    É verdade que o "dito impress" dá algum trabalho a preencher, mas, na possibilidade de ser aprovado, não teria que pagar as Taxas de Justiça.

    O KEY CLUB ao faltar a uma audiência de Tribunal, deveria ser-lhe imputado o pagamento das Taxas de Justiça devidas e pagas pelo requerido!
    Tenho a certeza que se fosse assim, o pessoal que "trabalha" no Key Club pensaria melhor antes de enviar um Requerimento de Injunção para o Balcão Nacional de Injunções!!!

    Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  11. Sim já pensei nisso mas para obter apoio judiciário junto da segurança social não é necessário ter um limite de rendimentos? É que felizmente trabalhamos os 2 e temos rendimentos acima do ordenado mínimo, pouco acima mas ainda assim acima por isso acho que não temos direito e a mim apenas me chateia pagar a taxa de justiça porque a oposição eu própria a faço não pagando por isso a um advogado. Aproveito para dizer que aproveitei a sua ideia e também enviei o cartão e uma carta de reclamação para os burlões, registada com aviso de recepção mas até agora ainda não tive qualquer resposta, obrigada desde já por toda a ajuda que tem dado a todos. E realmente o maior mal é que a nossa justiça não tem capacidade de ver estes erros e quem paga são sempre os mesmos, por muito que me custe cada vez me sinto mais desiludida de ser portuguesa.

    ResponderEliminar
  12. Bom dia,

    O meu namorado também acabou de receber uma carta de injunção.

    Claro que vamos fazer a oposição, até porque ele nunca recebeu nem cartão provisório nem o definitivo que diz no contrato e em 2006, e porque lhe iriam penhorar o ordenado pagou à financeira, quase 4000€.

    Alguém me pode ajudar e enviar uma oposição tipo, para que nos possamos seguir. É que neste momento da nossa vida, eu desempregada, ele em part-time, pagar a um advogado é muito complicado.
    Amanhã mesmo iremos à Segurança social pedir apoio judicial, mas temos que fazer a oposição em 15 dias.

    Por favor, quem puder ajudar, envie-me email para
    rm-l@hotmail.com

    Muito muito obrigada!

    ResponderEliminar
  13. Boa noite!

    Após efectuar o pedido de Apoio Juduciário, deverá enviar imediatamente o comprovativo desse pedido para o Balcão Nacional de Injunções, na cidade do Porto, por meio de carta Registada com aviso de recepção!
    (mesmo antes de ter a aprovação do pedido pelo Instituto da Segurança Social - todavia, após a aprovação, dispõe de 10 dias, salvo erro, para notificar o BNI da sua aprovação).

    Informe-se devidamente, por mensagem de e-mail, junto do BALCÃO NACIONAL DE INJUNÇÕES!

    Os Melhores Cumprimentos,
    João Pereira

    ResponderEliminar
  14. Grande Joaozinho, assim é q é, sempre disponivel ;)

    Qd for grande kero ser como tu ;)

    ResponderEliminar
  15. Desculpa lá pá, mas tu nunca vais ser grande...não tens dimensão moral nem cognitiva para tal...podes ser adulto mas pensas como uma criança...são coisas da vida e não têm cura...habitua-te

    ResponderEliminar
  16. Vamos ter todos de avançar com uma queixa crime contra esta entidade, que oprime os consumidores.
    Caso ainda não tenham observado a cara do Carteiro quando entrega a carta registada do tribunal, momento em que nos sentimos rebaixados sem culpa nenhuma. Quando passamos de pessoas honestas e cumpridoras a REU. No fim nem direito temos a ser indemnizados. Pagamos por um cartão que tem uma validade de 15 anos, a empresa abre falência, e não nos é devolvido o remanescente.
    Se a justiça funcionasse com bom senso. Veria que este tipo de contratos é pura e simplesmente uma BURLA.
    Amanhã vou a tribunal, vamos ver como corre.
    Emanuel Santiago
    email: emanuel.santiago@iol.pt
    Condeixa-a-Nova, Coimbra
    Se houver alguma testemunha perto agradecia.

    ResponderEliminar
  17. Não receie, Emanuel...amanhã, apenas vai perder o dia, pois eles não vão aparecer e vão desirstir da acção.!
    Já agora, era bom o Emanuel, publicar aqui amanhã, o relato do que aconteceu, para servir de exemplo para outros, que por um motivo ou outro, pensam que não têm hipotese de se defenderem destes parasitas.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  18. Sim Emanuel, não precisa de se preocupar pois é obvio que eles não aparecem. E amanhã conte-nos o que já sabemos da Palme nem vê-los mas não se admire se daqui a uns dias receber nova injunção para voltar a fazer tudo de novo, é que eu já vou fazer nova oposição a outra injunção destes burlões não há aqui ninguém numa situação idêntica?

    ResponderEliminar
  19. Boa noite,

    Tenho vindo a seguir o vosso site e já participei nos comentários anteriores, expondo a minha situação, pois também fui burlada pela empresa aqui em questão.

    Tenho audiência marcada para o dia 10/Dezembro/2011 e necessito do vosso apoio com testemunhas que estejam disponíveis para ir a Évora deixar o vosso testemunho em audiência.

    Agradeço que me contactem no sentido de me arranjar testemunhas para a referida data - 10/Dezembro em Évora.

    O meu mail é: ruteinfantefialho@hotmail.com

    Aguardo o vosso contacto e o vosso apoio nesta luta.

    Atentamente,

    Rute Fialho

    ResponderEliminar
  20. Boas

    Eu também recebi na passada semana mais uma carta de do BNI a pedir o pagamento da anuidade de 2010. Ainda nem sequer fui a tribunal pela primeira, e penso que só devo ir para o ano que vem... Acho que enquanto não nos juntarmos e apresentamos uma queixa eles vão continuar com esta palhaçada.

    ResponderEliminar
  21. Olá!
    Tem toda a razão, eles, os do Key Club, vão continuar com esta "palhaçada" pois é disso que eles vivem... é a sua única fonte de receitas!!!
    Sem a cobrança do valor das anuidades, "eles" morrem à fome...

    ResponderEliminar
  22. Este Sr. "Anónimo" deve ser um atrasado mental... será que nem escrever sabe, e não sabe dizer mais nada???

    João A. B. Pereira
    Sócio N.º 52571
    Cartão Key Club "Premium"

    P.S.: Dispensamos comentáriso dos "amigos do Key Club", a menos que... seja para dizerem alguma coisa de jeito!

    ResponderEliminar
  23. Eu também estou a ser vítima das práticas intimidatórias da "massa insolvente" do Key Club.
    Depois de duas injunções, já recebi nova anuidade para pagar, pelo que pressinto no horizonte uma nova (terceira) injunção.
    Claramente a tática é intimidar com injunções até que a pessoa sinta a pressão financeira, ceda e negoceie.
    Vou lutar até ao fim. Não quero que fiquem impunes.
    Pedro/Lx

    ResponderEliminar
  24. Uma atualização ao meu comentário anterior: hoje foi a audiência e eles desistiram.
    Animem-se aqueles que também receberam injunções destas criaturas.
    Acto seguido irei pedir a devolução das taxas da justiça.
    Não espero um desfecho diferente para a segunda injunção.
    JUSTIÇA!
    Pedro/Lx

    ResponderEliminar