quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

GRUPO PALME - Empresas do Grupo Palme - 1992 - 2007


 
GRUPO PALME

*****
Empresas do GRUPO PALME

*** GRUPO KEY CLUB ***

________________________________

 PALME, S.A.

 SOCIEDADE GESTORA DE PARTICIPAÇÕES SOCIAIS 

  • Capital Social: 149.700 Euros
  • NIPC: 502 857 471
  • C.R.C. de Lisboa: 2039
  • Data da Constituição: 16-10-1992

  • SITUAÇÃO: ............... LIQUIDADA
______________________________________________




 1994 - 1995



 PALME Viagens e Turismo, S.A. 

  • Capital Social: 150.000 Euros
  • NIPC: 503 413 755
  • C.R.C. de Lisboa: 3997
  • Data da Constituição: 28-12-1994

  • SITUAÇÃO: ......... EM LIQUIDAÇÃO




 PALME II, S.A.
  • Capital Social: 100.000 Euros
  • NIPC: 503 364 908
  • C.R.C. de Lisboa: 4156
  • Data da Constituição: 23-02-1995

  • SITUAÇÃO: .................. EM LIQUIDAÇÃO





 PALME – Hotéis, S.A.

  • Capital Social: 160.000 Euros
  • NIPC: 503 551 929
  • C.R.C. de Lisboa: 4859
  • Data da Constituição: 11-12-1995

  • SITUAÇÃO: ................. CESSOU ATIVIDADE


__________________________________________________




22 comentários:

  1. É o escândalo da PALME Em QUADRUPLICADO, pois das 4 formas que tinham de arrecadar dinheiro com as suas 4 EMPRESAS, nenhuma escapou,
    porque terá sido???

    GRANDE MISTÉRIO!!!!

    ResponderEliminar
  2. 31-12-2007 - CESSAÇÃO DE FUNÇÕES

    ALEXANDRE MELAMED,Vogal do Conselho de Administração


    Em 31 de Dezembro de 2007, Alexandre Melamed cessou funções como membro do Conselho de Administração da Palme II, S.A., por renúncia ao cargo.

    Foi residir para o Rio de Janeiro - BRASIL.


    Em Portugal, ficou a residir o Sr. Vitor Melamed, administrador da devedora PALME II.


    Em 2008, a Palme II entrou em situação de INSOLVÊNCIA.

    O Sr. Alexandre Melamed abandonou "o barco" mesmo a tempo...

    Antes da desintegração do GRUPO KEY CLUB.

    ResponderEliminar
  3. A PALME II não tem qualquer Agência Própria "KEY CLUB".

    Antes da insolvência/extinção das empresas do Grupo Palme,
    existiam as Agências "KEY CLUB TRAVEL",
    as quais faziam a promoçção da marca "KeyClub":

    . Lisboa
    . Leiria
    . Porto
    . Algarve

    Estas Lojas Key Club foram fechadas!

    Agora, o único que resta, é um escritório no 3.º andar de um prédio sito no Campo Grande, em Lisboa.

    Nesse escritório encontram-se lá apenas 6 empregados...
    para "gerir" os cerca de 17.000 Sócios KEY CLUB.

    ResponderEliminar
  4. Segundo a Palme II, cerca de 3.000 Sócios do KEY CLUB deixaram de pagar as anuidades.

    Apesar disso, o Administrador de insolvência diz que
    os Sócios sempre estiveram MUITO SATISFEITOS
    com os serviços prestados pela Palme II.

    Se os Sócios estavam satisfeitos com os serviços,
    porque motivo deixaram de pagar as anuidades?

    ResponderEliminar
  5. Tribunal Judicial de Cuba
    Secção Única
    Largo Cristovão Colon - 7940-171 Cuba
    Telef: 284 090 100 Fax: 284 090 119 Mail: cuba.tc@tribunais.org.pt
    Proc.Nº 259932/11.0YIPRT
    615573
    CONCLUSÃO - 07-12-2012
    (Termo eletrónico elaborado por Escrivão de Direito Ana Maria N. Sota C. Ildefonso)
    =CLS=
    SENTENÇA
    Massa Insolvente de palme II – Comercialização de Cartões de Desconto, SA, NIF: 503364908, com sede no Campo Grande, nº 28, 3º C, Lisboa veio propor injunção contra “ Bruno Pisco ”, que deduziu oposição, tendo a mesma se transmutado em acção especial para cumprimento de obrigações pecuniárias.
    A Autora vem pedir a condenação da Ré no pagamento da quantia de € 121,56 ( cento e vinte e um euros e cinquenta e seis cêntimos) correspondente à quantia em dívida a título de capital, penalização devida, acrescida de juros de mora vencidos e vincendos até integral pagamento…
    V - Decisão
    Nestes termos e pelo exposto, julgo a presente acção procedente e, em consequência, condeno o réu Bruno Ricardo dos Santos Pisco a pagar à autora Massa Insolvente de Palme II – Comercialização de Cartões de Desconto, SA a quantia de € 118,80 (cento e dezoito euros e oitenta cêntimos), acrescida de juros de mora, vencidos e vincendos, à taxa legal desde a data de vencimento
    da anuidade de Novembro de 2010 até efectivo e integral pagamento. Mais, absolvo o Réu da condenação como litigante de má fé.*
    Custas a cargo do réu – artigo 446.º, n.ºs 1 e 2 de Cód. Proc. Civil. Registe e notifique.

    ResponderEliminar
  6. TRIBUNAL DO COMÉRCIO DE LISBOA

    "Entende a PALME II ser possível a sua viabilização
    com uma moratória no pagamento das suas dívidas,
    recuperação essa que DEPENDE
    da recuperação da sociedade PALME VIAGENS E TURISMO, S.A.,
    empresa do mesmo Grupo
    e que na mesma data se apresentou à insolvência."

    - Data: 05-09-2008


    - DÍVIDAS DA PALME II - € 3.961.265,45

    ResponderEliminar
  7. PALME II - COMERCIALIZAÇÃO DE CARTÕES DE DESCONTO, S.A.
    - Pessoa Colectiva n.º 503364908


    Apresentou-se à insolvência, alegando
    encontrar-se impossibilitada de cumprir
    as suas obrigações vencidas.

    Fundamentou-se no facto de se debater
    com dificuldades económicas desde 2006.


    Dificuldades essas relacionadas com:

    1 - Redução do número de vendas;

    2 - Indemnizações a Funcionários por rescisão de contratos;

    3 - Acumular de rescisões de Contratos;

    4 - A Crise Económica;

    5 - Corte de financiamento por parte das Entidades Financeiras;


    TODOS ESTES FACTORES levaram a um acumular do passivo
    que ascende a € 3.961.265,45.

    ResponderEliminar
  8. AT - autoridade tributária e aduaneira

    DIREÇÃO DE FINANÇAS DE LISBOA
    ______________________________________

    PALME II - COMERCIALIZAÇÃO DE CARTÕES DE DESCONTO S.A.
    - EM LIQUIDAÇÃO

    NIPC 503 364 908

    - Começou a contagem decrescente!

    ResponderEliminar
  9. A PALME II encontra-se EM LIQUIDAÇÃO.

    Não façam acordos pagando metade das anuidades futuras.

    Não paguem qualquer valor a título de indemnização.

    Se há alguém que tem que pagar indemnizações, é a Palme II.

    A PALME II não exerce qualquer atividade há vários anos!

    ResponderEliminar
  10. Segundo a PALME II,cerca de 3.000 Sócios do KEY CLUB deixaram de pagar as anuidades.

    Mas, o Administrador de insolvência diz que
    os Sócios sempre estiveram MUITO SATISFEITOS
    com os serviços prestados pela Palme II.

    Se os Sócios ESTAVAM SATISFEITOS com os serviços,
    porque motivo deixaram de pagar as anuidades?

    ResponderEliminar
  11. Grupo Key Club:

    PALME - HOTÉIS, S.A.

    - CESSOU ACTIVIDADE: 23-03-2012

    ResponderEliminar
  12. Grupo Key Club:


    - PALME - VIAGENS E TURISMO, S.A. - Empregados: 0

    - PALME II, S.A. - Total de Empregados: 6

    ResponderEliminar
  13. Informamos que o Sr. António Esteves acaba de ser pronunciado pelo tribunal criminal de Lisboa para ser julgado pelo crime de difamação contra a Palme SA. Recordamos que, caso venha a ser condenado, como se espera, o Sr. Esteves arrisca-se a ser condenado ao pagamento de uma indemnização fixada em € 255.000,00.
    Talvez o exemplo deste julgamento traga bom senso a todos aqueles que, neste blogue e noutros fóruns, acham que podem, impunemente, atentar contra o bom-nome de empresas e pessoas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes o Administrador de Insolvência da Palme II, JOSÉ CAETANO MARQUES, tinha informado que iria dar instruções aos seus Advogados no sentido de pedirem uma indemnização fixada em 2 MILHÕES DE EUROS.

      Parece que este Anónimo se esqueceu de um zero, ou então o Dr. José C. Marques MENTIU PUBLICAMENTE!

      Eliminar
    2. TALVEZ... venham a ser devidamente expostos no Tribunal os comportamentos dolosos causados pela "Massa Insolvente" da PALME II.

      Sublinhamos que o Sr. António Esteves foi alvo de um ataque ilegítimo por parte da PALME II, visto que tendo celebrado contrato com a empresa PALME - Companhia Internacional de Cartões, S.A. (Não confundir esta empresa com a PALME II, S.A.) a PALME II não tinha qualquer Legitimidade para lhe ter instaurado um Processo de Injunção!

      Ironicamente, o Balcão Nacional de Injunções
      que deveria verificar a LEGITIMIDADE da Autora e do Título da Dívida não fez qualquer análise!

      E o Mário Pelica, não sendo empregado da Palme II, foi conivente com este engano!

      Eliminar
  14. O Grupo Key Club:

    - A Palme S.G.P.S foi liquidada!

    - A Palme Hotéis cessou a atividade!

    - A Palme Viagens encontra-se totalmente insolvente!

    - A Palme II encontra-se em insolvência há 5 Anos!


    ONDE ESTÁ A BOA FAMA NESTAS SITUAÇÕES?

    ResponderEliminar
  15. GRUPO PALME

    "O Grupo Key Club" foi LIQUIDADO pelo Presidente do Grupo.

    Somente ficou por liquidar a PALME II.

    Assim, por que motivo os Sócios do KEY CLUB
    nunca foram informados dessas alterações do KEY CLUB?

    Porque motivo o Administrador de Insolvência das "PALME",
    da PALME II, S.A. e da PALME . VIAGENS E TURISMO, S.A. nunca prestou qualquer informação aos Sócios àcerca disso?

    Se são efetivamente "SÓCIOS", porque motivo não são informados das alterações dentro do "KEY CLUB"?

    ResponderEliminar
  16. É inadmissivel que exista uma empresa - PALME II, SA
    cuja actividade principal é cobrar as anuidades aos Sócios!

    É verdadeiro este facto.
    A PALME II deixou de vender os cartões "KEY CLUB",
    após a situação de insolvência, em Setembro de 2008,
    motivo pelo qual a sua unica fonte de receitas
    é a cobrança das anuidades.

    A venda de novos Cartões "KEY CLUB" foi cancelada!

    Já passaram 4 ANOS desde que a PALME II foi declarada insolvente. Todo este tempo, a Palme II tem sobrevivido à custa da cobrança das anuidades aos Sócios.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E da cobrança de cartões com mais de 15 anos,
      de pessoas que anularam o contrato dentro dos 14 dias, só que passados 15 anos não têm prova do documento de anulação. Que raio de justiça é esta??
      Deve ser uma só para os Advogados da PALME II encherem os bolsos.

      Eliminar

  17. PALME - VIAGENS E TURISMO, S.A.

    Campo Grande, n.º 28 - 3.º C

    1700-093 Lisboa


    * Pessoa Colectiva n.º 503 413 755


    A PALME VIAGENS apresentou-se à insolvência
    alegando incapacidade para cumprir as obrigações vencidas
    por não dispor de viabilidade económica ou financeira...

    ResponderEliminar
  18. GRUPO PALME

    O Grupo Palme era um grupo empresarial na área da prestação de serviços actuando nos segmentos do Turismo, Lazer e Descontos, era constituído por quatro empresas independentes:

    Palme - Companhia Internacional de Comercialização e Promoção de Cartões, S.A.

    Palme II - Comercialização de Cartões de Desconto, S.A.

    Palme - Viagens e Turismo, S.A.

    Palme - Hotéis, S.A.


    ResponderEliminar
  19. PALME II - COMERCIALIZAÇÃO DE CARTÕES DE DESCONTO, S.A.

    Alexandre Melamed cessou funções de membro do conselho de administração da Palme II, por renúncia em 31 de Dezembro de 2007.

    9 Meses depois, em 5 de Setembro de 2008, foi declarada
    a situação de insolvência da PALME II.

    Seguidamente, foi declarada a situação de insolvência da
    PALME - Viagens e Turismo, S.A.

    Depois disso, começaram a chover "Injunções"...
    porque os palhaços ficaram isentos de custas judiciais
    e começaram a intimidar e a ameaçar os sócios do Key Club.

    Historial da Palme II

    ResponderEliminar